quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Sê bem vinda de volta, minha querida rotina

Ai que bom, que felicidade. Hoje o meu dia soube mesmo bem. Não foi tempestivo, não foi confuso e repleto de emoções, não foi estremado em nenhuma das suas ocasiões, porém, foi tudo aquilo que eu precisava. A rotina parva que se estava a apoderar de mim, fugiu. Aliás, eu nem sei ainda muito bem porque é que estive estes últimos tempos assim, estranha, como vos falei. Hoje foi tal e qual como planeei, e digo-vos, há muito tempo que não me sentia com tanta energia.

A minha manhã começou com um fantástico breakfast, as minhas queridas amigas bagas goji voltaram, porém... Devo manter-me longe da marca CONTINENTE nas próximas eras, no que trata a adquirir este tipo de produtos, para comer borracha vou a outro sítio... Depois as aulinhas, até estive mais atenta e tudo, ah? É impressionante o poder que o estilo que de vida tem sobre as nossas actividades diárias. Acho que precisei mesmo de dar numa de preguiçosa para perceber que não sou mesmo nada assim, e que é definitivamente em equilíbrio que gosto de viver. Depois fui com o A ao banco, comi uma sanduiche em duas dentadas e zás pás, estudar Português que amanhã temos teste...
Agora vou até ao ginásio um bocadinho aproveitar este horário de meio/fim de tarde em que até sou produtiva.

Ah, pois é, ainda não partilhei aqui no blog que a partir do próximo mês vou deixar o ginásio... Não, não é por estar farta! É que vou começar a tirar a carta e, para além do tempo disponível ser cada vez menor, vão haver mais despesas, e em tempos de crise as opções certas fazem toda a diferença. Não ir ao ginásio não implica, nem assim um bocadinho minúsculo, deixar de fazer exercício. Pelo contrário! Este tempo todo que andei entre a sala das máquinas, aulas de Bike e de Combat, só me fizeram perceber o quanto uma boa corrida ao ar livre pode ser mais recompensadora. Acho que me fartei de estar rodeada de "boss´s" lá da escola que religiosamente vão para aquele "rectângulozinho" fazer pesos com cargas completamente desajustadas, autênticas heresias ao corpo, só para no Verão poderam ostentá-lo na praia. Ah, e também me fartei das mulheres cuscas que querem dar engate ao instrutor, levando o maior decote possível e os calções mais curtos. Agora é comigo. Agora sou eu que vou planear a minha rotina de exercício também! Eu estou a achar a ideia óptima, até porque em Setembro também estive sem ir ao ginásio e correu tudo muito bem aqui por casa. Encontram-se verdadeiros achados na net quando nos apetece "regressar" ao ambiente do ginásio, caso contrário, tenho um jardim inspirador, uma bicicleta gira e uma motivação enorme para fazer exercício. E pronto, acho que já disse tudo. Vou despachar-me e correr para lá, hoje e amanhã vai ser a despedida. Até daqui a seis meses, meu querido ginásio...

terça-feira, 27 de novembro de 2012

That´s all about me, again

Um, dois, três. Estou farta de na maior parte do tempo não respeitar aquilo a que me comprometo e, sobretudo, aquilo que me traz felicidade e bem-estar. Fartei-me deste "diz-e-não-faz"!
Acho que desta vez atingi o limite aceitável, estou definitivamente farta de muitas das escolhas que faço no meu dia-a-dia e preciso de uma mudança.
Eu tenho a mania de planear tudo aquilo que faço ao pormenor, as horas, os dias, o que à partida até parece qualquer coisa que me poderia ajudar a organizar a minha agenda mas.... Não! Só serve na maoria das vezes para me deixar frustrada, já que raramente consigo cumprir sequer metade. Começa em "Amanhã tenho de começar a estudar Psicologia que para a semana há teste" e resulta em "Ah, ainda tenho tempo, falta imenso para o teste..."; "Hoje vou fazer exercício durante aquele horinha sagrada que me faz feliz", nos últimos tempos "Está a dar o Cake Boss no TLC, posso fazer depois..."; "Hoje vou comer coisinhas saudáveis que me deixam cheia de energia!" e num ápice passa para "Umas bolachinhas recheadas daquele cacau maravilhoso não fazem mal a ninguém...".
 
 
O QUE É ISTO?!
 
Não sou eu, não sou mesmo. Nunca fui, nem nunca serei. Eu sempre respeitei as minhas escolhas acima de tudo, sempre me dediquei a tornar-me em alguém melhor, mais completa, mais activa, mais determinada.
Vou entrar num novo período, daquela "raça que eu gosto", afinal não posso contrariar a minha essência. Eu sou persistente. Sempre me conheci assim. Acho que ao longo do tempo me tenho tornado mais débil, mais facilmente atingível pelos outros... Não é algo que me agrade, definitivamente, mas foi algo que não pude de forma alguma controlar. Médicos e médicos, mantêm-se, exames que acusam coisas estranhas que me deixam tristinha também, viagens a Andorra que começo a ver por um canudo graças a mim e apesar da insistência dos meus pais para que vá, weird (depois explico), agitação graças ao novo projecto do A, no qual também estou muito envolvida, relação com a mummy a caminhar para um precipício... E muitos, muitos mais blás-blás-blás. Nem vale a pena. Eu sou muito superior a isto e estou a deixar-me afectar! Eu nunca, mas mesmo nunca me deixei afectar por nenhuma destas coisas, sempre sorri a seguir à tempestade e pronto, segui com a minha vidinha. Agora tenho de reaprender a fazer isso. Dizem que é como andar de bicicleta, nunca se esquece.
 
Eu não esqueci, comecei mesmo agora e já me está a cheirar a familiar...
 
No fim-de-semana conto mais. Sinto-me quase eu outra vez.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Aii, estou rendida...



A passagem de ano nunca foi algo que me tenha fascinado ao longo destes anos. No ano passado, estive com uma horrível amigdalite e não consegui aproveitar nada. Estava com quarenta graus de febre quando cheguei a casa, pouco depois da uma da manhã. O A, o meu pequenino, fico deitado a meu lado até às cinco da manhã, imaginem. Passei o dia seguinte nas urgências em Almada. Foi uma óptima forma de começar o ano, não vos parece?

Enfim, espero que esta entrada em 2013 seja muito melhor, até porque o número me agrada! Tenho andado por aí a pesquisar vestidos e cheguei à conclusão que definitivamente, Reveillon =  Black Dress. E pronto. Nada cá de outras cores, é uma noite de glamour, irresistível. Vai ser regada de muito champanhe e espero jantar com o pessoal todo num restaurante giro, sim, o do ano passado foi blhac blhac...

Ando a pensar muito seriamente em perder a cabeça com isto, ainda não tenho é certezas absolutas quanto ao vestido. We will see. São tão, "O que eu sonhei para a passagem de ano perfeita com ele, a chegar ao pé de mim com um copo de champanhe e sussurrar-me ao ouvido, amo-te" + "Só acordar de manhã com uma dor de cabeça de tanta mistura e de dançar sem parar, algures com o pessoal"

VESTIDO COMBINADO RENDAVESTIDO COMBINADO RENDA
 BLAZER MANGAS POLIPELE
RASO JÓIA C/PULSEIRA
 
 
COLAR RÍGIDO PAINEL ABELHAS
CAIXA FESTA CORRENTE E CRISTAL
 
E pronto, começo a ficar mesmo derretida a ver estas coisinhas... Vamos pedir boas prendas ao Pai Natal este ano, ai vamos vamos.
 

domingo, 21 de outubro de 2012

"Srª Advogada, muito bem"

 
Oh meu deus. Que estranhez que senti. Paulo, depois de todo este tempo continuas possuindo, a jeitinho do samba, o poder de me deixar a pensar, no meu futuro, na minha vida. Não soou mal, soou estranho, só isso. Que hei eu de querer? Quero isto, sim, neste momento sei que é este o rumo a seguir, é isto que tenho de ter na minha vida, é assim que eu me vejo, é assim que sempre me vi. Há uns anos atrás, com os meus doze, treze anos, quando pensava na minha profissão futura só me vinha uma imagem à cabeça. Existem milhões de actividades que se poderiam enquadrar na imagem que idealizei mas só uma parece ter sentido para mim, seguir direito.

Via-me assim* 

 
*1. com outro penteado;
2. não exactamente com este outfit;
3. com uns shoes mais altos;
4. numa cidade mais gira.
 
 

I´ll be there


 
 
 
 
 
 Dia 22 de Novembro, Coliseu dos Recreios, 22:00h, lá estaremos, se Deus quiser.


sexta-feira, 19 de outubro de 2012

I wich#


Vestido plissado tachas




Suéter ombros decoradosT-shirt fotos estampadasT-shirt estampado tie-dyeCamisa tachas caveirasTop apliquesMinissaia missangas metálicasFato-macaco comprido estampadoTOUCH - Tote camurça franjasTOUCH - Sabrinas ponta metálicaTOUCH - Botins couro vintageTOUCH - Gargantilha correntes cristaisTOUCH - Colar borlasTOUCH - Colar cristais puasTOUCH - Pulseira berloque folhaColar trançado pitõesClutch rígido estrelas

 

MY MANGO FAVOURITES.                                       <3

That´s all about toasts



Falemos de tostas. Eu adoro tostas. Desde cedo que aprendi a apreciar esta iguaria que marca religiosamente os "jantares de domingo" em minha casa. Os meus pais ficam-se pelas tostas mistas em pão caseiro, são boas, é verdade, mas prefiro investir em versões mais requintadas, com alho, oregãos, pimenta e outras especiarias. Enfim, venham tostas e vontade de comer.
 
 

cucu again

Que saudades, que saudades, que saudades! I´m back.
 
 Actualizações da minha vida dos últimos tempos, nada interessante para não faltar... Mais do que isso, preocupante, ando mesmo a precisar de tirar umas feriazinhas do resto do planeta, habitar Marte durante uns tempos e depois regressar, claro!
 
Então, tem sido assim:
 
1. Doctor A, Doctor B, Doctor C, hospital 1, hospital 2, hospital 3... Bla bla bla. Tenho feito um milhão de exames para que me seja diagnosticada "qualquer coisa" que corresponda com os sintomas que sinto, que são (vamos pôr em esquema para facilitar a difícil compreensão de uma sujeita complexa como eu!):
                               1. olhos amarelos, irritados, comichão;
                               2. dores no abdómen, parte superior, lado esquerdo;
                               3. sensação de que comi um bói, mesmo só tendo comido uma solitária bolacha de água e sal;
                               4. náuseas e necessidade de arrotar permanente;
                               5. problemas intestino;
                               6. gânglios linfáticos inflamados;
                               7. (...) havia mais, eu sei!

Bem, até agora já fiz duas vezes análises ao sangue, uma à urina, uma ecografia ao pescoço, uma endóscopia alta, uma biópsia ao estômago, mais outras duas ecografias ao abdómen... Resultados? Uns ligeiros valores alterados nas análises que a minha médica diz que não são nada de preocupante (eu acho que são!), a ecografia ao pescoço, ela diz que tá tudo normal (eu não acho!), a endoscopia acusa gastrite (é lá, já tenho qualquer coisinha!), a biópsia ainda não tenho o resultado (medo!), as ecografias abdominais, uma acusa qualquer coisa na vesícula, ainda não mostrei à médica (medo x2!), a outra ecografia vou fazer daqui a bocado! Já viram a minha vida? Tem sido o meu último passatempo, vaguear por clínicas, hospitais, consultórios... Não imaginam como me sinto farta de tudo. Ainda para mais sou uma "cabecinha pensadora" e estou sempre a pensar que tenho qualquer coisa TERRÍVEL, continuo a pensar e pensarei eternamente até me analisarem da cabeça aos pés e me garantirem que não há NADA errado comigo.
 
2. O segundo ponto funny da minha vida é que voltei ao ginásio! Bem, secalhar nem sequer vos disse que tive um mês sem ir, mas agora em vez de ir só ao fim-de-semana, vou diariamente. Faz-me tão bem. Aquele tempinho que ali passo faz-me duplamente melhor à alma e ao espírito do que ao próprio físico, sinto-me leve. É por isso que toda a gente devia ter este momentinho do dia para esquecer os problemas e dar atenção ao corpo. Eu tenho pura necessidade destas horinhas semanais todinhas todinhas dedicadas em exclusivo A MIM.
 
3. Tenho tido momentos bons com o A, agora tá crise e os nossos passatempos têm de ser um pouquinho mais económicos... O tempo tá frio e apetece tar no sofá a ver filmes, é por aí que temos estado! Tão bom <3
 
4. Voltei ao samba! Queria dedicar um post inteiramente a falar sobre isto mas tenho tanto para vos contar que tenho que tentar concentrar um pouquinho mais as coisas... Depois de uma ano parada o desejo de regressar superou todo o meu orgulho, TODO. Voltei à minha escola do coração. Vou lá hoje por sinal, ao ensaio, tenho sambado todos os dias um pouquinho, para ver se ainda não me esqueci!
 
Tudo o resto que não me lembre agora de partilhar convosco, conto depois! Ah pois é, pois é! Ando a cozinhar muito para o A, tá cada vez melhor, gosto de cozinha simples, natural, minimalista e sáfo-me bem! Mostro-vos a nossa próxima refeição assim que houver próxima refeição, ou seja, em breve. Até já.
 

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Hoje senti-me pequena

Hoje, foi o primeiro dia de escola oficial... Não sei o que é que teve de oficial, parece que esta ideia de "aulas de apresentação" se está a tornar num vírus potentíssimo que afecta todo e qualquer professor. Passamos entre uns escassos minutos a dois morosos blocos a ouvir falar de conteúdos a leccionar durante o ano lectivo, desprovidos de um contexto que lhes dê algum fascínio... Não vos vou falar do meu professor de sociologia, por um simples motivo. Ele será o tema de muitos dos meus posts, admiro-o.
 
Falo, hoje sim, do meu professor de psicologia.
 
"- Algum de vocês tem ou sabe criar um blog?"
 
Ai que pequenina que me senti... Que culpa, que agustiante que foi. Eu tenho um blog, é o meu espaço, o meu recanto, são as minhas ideias ou as ideias de outros que admiro. E eu quero isto, eu sou feliz com o meu blog. Venho aqui quando me apetece, hoje apeteceu tanto. Senti até medo de o perder...
 
Quem diria que neste primeiro dia, houve-se uma pergunta banalíssima como esta, que me tivesse deixado a pensar. Obrigada professor de psicologia, obrigada.
 
 
i´m a small girl with a big skirt.
 

domingo, 9 de setembro de 2012

Passando alrededor das crises

Enfim, ando sempre numa de in out, um desassossegado e profundamente inconstante ir e voltar que me assusta. Não quero deixar o meu espaço à mercê, no fundo de um poço escuro… Por isso, anunciar-vos-ei que virei até aqui quando sentir necessidade de partilhar algo convosco, posso não vir todos os dias, virei quando sentir que é disto mesmo que estou a precisar. Hoje, definitivamente, preciso!

Lembram-se do meu programa semanal? Foi uma das ideias felizes que tive nos últimos tempos. Resultou muito bem, porque tentei cumpri-lo na totalidade. Aquilo que não se realizou conforme o previsto superou as expectativas, só tenho motivos para me sentir realizada.

SEGUNDA  Eu + Chica + Praia do Meco, check

Foi uma óptima tarde, com muito sol, mar revolto, café tardio, enfim, com a doce simplicidade que tem marcado a minha vida.

TERÇA Eu + A + Bicas, check
Tal como previsto fui ver o A skimar, foi bom, podia ter sido ainda mais fantástico, gostei. A praia sim, maravihosa, e com uma subida tremenda que nos deixa as pernas arrasadas por completo.
 
QUARTA Eu + A + Sesimbra, check
O regime all together não se realizou na quarta devido a motivos de força maior, incompatibilidades horárias... Sempre o mesmo. Não fiquei triste, tenho os melhores ao meu redor, seja em que  circunstância for, presentes ou não. E eu passei uma óptima tarde com o A. À noite, fomos até Sesimbra beber o cafézinho da praxe com a C e o B. Foi bom, preparámos o fantástico programa do dia seguinte.
 
QUINTA, Eu + chicos e chicas + A, Ribeiro do Cavalo, check
Foi uma pequena grande aventura, com riso, choro, amúo, preguiça, gula. Foi a mistura necessária para que esta semana me fizesse sentir viva e disposta a viver experiências completamente diferentes. Fomos logo pela manhã, descemos a agreste colina, em pé, aos solavancos, a arrojar-nos, a passo rápido e lento, enfim, chegámos vivos. Depois foi montar o acampamento, foi mergulhar nas águas cristalinas, passear para apreciar as paisagens mirabulantes, foi comer sanduiches de tudo e mais alguma coisa, jogar às cartas, à bola. Fez-me lembrar como ainda sou menininha, tão bom, tão bom.
SEXTA, Eu + chicas, check
Na sexta, recuperou-se o fôlego. Fiquei na preguiça do meu sofá, a ler o meu livro, a beber a minha chávena de café, a não fazer nada no sentido mais literal da expressão. À noite, eu e as minhas chicas fomos até à marginal de Sesimbra, beber um café... Melhor, seria esse o pretexto para incentar uma noite que jamais esquecerei na minha vida. A famosa rodinha de samba do Vista, rompeu os planos. E que bem, que bem, que delícia. É sempre bom ouvir o frenético ritmo de um pagode, o cavaquinho que tanto me fascina, o agô gô, o violão. Foi especial. Fiquem assim, eu também fiquei.
SÁBADO e DOMIGO, eu + chicos e chicas / eu + A, check
Menos extravagante. Sinto falta disto, do normal, do comum, do banal. Nada melhor do que cumprir rotinas neste final de semana após cinco dias que explodiram em mil emoções. Entre jantares de amigos, daqueles bons, algumas confusõezitas ligeiras, cafés à beira mar e jantares românticos, over.
 
Ai que bom que foi.
 
 PS: Estou fora de casa, a minha net aqui é fraca, não consigo pôr agora as fotograis, terça-feira já aqui estarão todas.

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Check it

Semana PERFEITA!
Que bons têm sido estes dias, no final da week comento tudo.

Hoje, passo por aqui para anunciar que hoje à tardinha vou correr! Sim, isso mesmo. Que saudades que eu tenho de pisar a relva molhada e sentir as minhas passadas fortes, ai, que liberdade. É hoje. Até logo, que agora vou aproveitar a praia, na melhor companhia.

RUN RUN RUN

domingo, 19 de agosto de 2012

Week plan!



Alô chicos e chicas.

Venho partilhar convosco as últimas novidades do meu super atribulado (ui!) mundo.

1. Não tenho feito nada de jeito e a escola está aí não tarda.
2. As saídas à noite com os chicos e chicas têm sido a únia "safa"...
      2.1. Porém, o A, como está a trabalhar, nunca participa nestas saídas e isso deixa-me mesmo triste.
3. A ida ao Ribeiro do Cavalo anda mesmo difícil de se realizar, por este andar vai parar ao próximo verão.
4. Daqui a um ano estarei a planear a ida para a faculdade e é triste, muito triste, estar a achar que estes meses não têm tido tempero suficiente. Não têm sido maus, nem catastróficos, somente monótonos.

Agora vem aí a parte boa do post!

Amanhã é: SEGUNDA-FEIRA!

Há algum dia mais perfeito do que a segunda-feira para "arrumar a casa"?!

(Ando mesmo a dar-lhe com os pontos ahah)

Propostas para a semana de 20 a 26 de Agosto:

Segunda-feira: Ir à praia com as chicas. Ao Meco ou à Lagoa! Para ser diferente. À noite, quero ver se estou um bocadinho com o A. Perfeito perfeito, ver o pôr-do-sol na pista de vôo livre, tenho saudades de lá ir. Depois comer comida japonesa ou chinesa e beber um café a ver as estrelas.

Terça-feira: Ir ver o A skimar, ele gosta que eu o veja, eu sei. Vamos, não é amor? No Meco, na Lagoa, ou na Foz? Só o mar ditará. Estou a rezar para que façam umas ondinhas na Foz, lá lá lá...

Quarta-feira: Irmos à praia em regime all together! Passo a explicar no que consiste este complexo regime: nós (chicas) vamos com eles (chicos) todos juntos à praia! E passamos o tempo todo a rir, a jogar às cartas, à bola e assim... É sempre tão bom, companhia nota 100. É um óptimo dia para irmos ao Ribeiro do Cavalo! Vou falar com eles para saber de tudo e se arranjamos uma boleiazinha, é que a caminhada com este calor não apetece nada nada...

Quinta-feira: Eu e o A vamos usufruir do presente que ele me deu nos meus anos. Sim, parece mentira mas ainda não fomos a lado nenhum... As opções são estas: Santos Sabores, Taberna de Miraflores e A Chaleira. A minha favorita é mesmo A Chaleira, íamos até Carcavelos, almoçávamos lá, um pouquinho de praia e regressávamos para a nossa linda Sesimbra. Qui bom.

Sexta-feira: Não tenho estado muito com a minha família, sou sincera... Dividir o tempo com o A, com os chicos e chicas rouba algum e depois há o problema das constantes discussões que me fazem querer passar menos tempo aqui por casa ou em programas familiares. Por isso, sexta é programa familiar. Como eu vejo o A no máximo duas horas durante o fim-de-semana um pouquinho deste dia tem de estar guardado para ele! Ou seja, o programa familiar ocupa a manhã, o almoço, um pouquinho da tarde, depois, eu +  A ou eu + A + eles. Great. Ah, à noite, o meu coffe coffe habitual com as chicas, é sempre bom, acaba sempre depressa.

Sábado: Eu tenho uma missão assustadoramente difícil este Sábado! Sabiam que a C não gosta nada de Sábados?" Isso é coisa do passado!". Porque nós este Sábado vamos fazer coisas giras... Se o tio D tiver algum programa, vou roubar a C para vermos o filme Shame, que eu lhe ofereci, na minha querida casinha. Depois, escolhíamos as roupinhas para sair, jantávamos e zip zip para Sesimbra.

Domingo: É dia de eu mergulhar no meu lado in love. Depois de dois dias sem tempo de qualidade com o meu boy, que tanta falta me faz. Vamos à praia não é amor? Vamos pois, que o Verão está a fugir e o meu plano a terminar.

E pronto! Vamos lá ver se consigo cumprir isto tudo, tenho um feeling que sim, vou confiar nele.


Porque a vida é mesmo cor-de-rosa.



Despeço-me assim desta semana, cheia de bebés, que coisas boas

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Escolhas

Pois é, não há sombra de dúvida que a vida está repleta de escolhas, umas mais difíceis que outras...  Hoje, dei por mim a pensar seriamente na minha vida em particular no próximo ano. O facto de o A ser mais velho que eu cinco anos leva-me a reflectir seriamente sobre algumas mudanças que poderão dar-se muito brevemente. Aparece aí a faculdade, aparece uma vida na cidade, longe da vila, provavelmente a viver fora de casa. Viver com o A é algo que desejo muito. Falamos muitas vezes em juntar o útil ao agradável e nessa altura passarmos a viver juntos. Eu e o A 24 h ao pé um do outro, que ideia estranhamente boa. Às vezes o "agradável" também nos assusta, esta é uma dessas vezes. Tenho muito medo da mudança e tenho medo de passar à frente de fases positivas da minha vida por querer apressar o normal decorrer das coisas. A questão é que não sou eu que estou a apressar seja o que for, são as circunstâncias. Neste momento, sinto necessidade disso. Amanhã não sei se sentirei ou não, agora sinto. O A, pensa em tudo isto numa prespectiva muito mais séria e equilibrada, já tem os objectivos de vida bem delineados e quer começar a construir um futuro sólido. Eu ainda sou a "little girl" em certos aspectos, a minha racionalidade precoce e o meu sentido de orientação não são  tudo. O A tem anos de vida. Isso é muito mesmo no que toca a decidir. Ai, que verbo tão complexo...

D-E-C-I-D-I-R!

Eu decido
Tu decides
Ele/Ela decide

(...)

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Hoje sinto-me assim...

Sinto-me estranha, mas um estranha mais para o positivo do que para o negativo. Hoje é um dia de avaliação para mim, sinto que tenho que ter uma pausa semanalmente para pensar e repensar as atividades que passei e as que ainda quero passar.

Na segunda tive um dia totalmente preenchido, o nosso dia, A.

Ontem, tive uma tarde que há muitos meses desejava, com pessoas que fazem parte da minha vida mas que de vez em quando fogem. A R. e a M. Não faltou tema de conversa e sobretudo não faltou a genuinidade que outrora marcou a nossa próxima relação. Foi um reencontro feliz, que me deu uma vontade enorme de sorrir.

Hoje, é o meu dia. Preciso de olhar para mim na prespetiva de um desconhecido. É um bom exercício. Este verão não tem sido esplendoroso como queria, não tenho feito tudo o que me apetece, muito menos tenho tido os meus dias preenchidos da melhor e mais louca forma. Mas a partir de hoje mudará. Não quero desperdiçar mais tempo. Hoje vou arrumar a casa, vou pôr tudo no devido lugar, vou equilibrar os meus pensamentos, vou recuperar o melhor de mim. Amanhã terei forças para iniciar um novo capítulo, mais um na minha vida.

Depois de ter escrito tudo isto sinto uma sensação de leveza extraordinária e é assim mesmo que me quero sentir sempre.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

O segundo pôr-do-sol

Ontem, foi "o primeiro dia do resto da minha vida" a teu lado, A. Foi lindo, agradeço-te do fundo do coração todos os momentos que me proporcionas-te. Escrevo para ti,de forma directa, porque é para ti que quero escrever
.  
Mais um dia que passou, um marco perfeito de toda esta nossa etapa de vida.

Sítios diferentes, pitorescos, pessoas boas, paisagens deslumbrantes, beijos genuinamente partilhados, companhia eterna, amo-te.


Obrigada por teres boas ideias, meu tonto. Partilhar contigo este pôr-do-sol, o segundo seguido, num sítio perfeito como este, Fonte da Telha, a disfrutar de um jantar divinal, neste restaurante escolhido por ti. Foi tudo aquilo que precisávamos.

Melhor, quase tudo. Não acabou aqui.

I: Amor, vamos tirar uma fotografia para recordar?
A:Vamos, claro paixão. (pára o carro, sai)
I: (abraça-o com força, muita força): Amo-te, és tudo aquilo que de melhor a vida me deu.
A: (com a lágrima no olho) Promete-me que vais fazer muitos milhares de vezes o que fizeste agora, foi perfeito meu amor. Como eu te amo.

Oh paixão. Voltámos para o nosso sítio, a nossa Sesimbra, que tantas boas recordações nos tráz e muitas mais há-de trazer. Deste-me a conhecer mais um bocadinho da tua paixão pelo Skimming... Foi num sítio onde ambos nos sentimos bem, perto de um outro onde em breve nos sentiremos ainda melhor, eu sei.  


O resto é nosso, amo-te.